sexta-feira, 18 de abril de 2014

º POLÊMICA – COPA DO MUNDO 2014

POLÊMICA – COPA DO MUNDO 2014
por  Klesty Andrada

        
O tema é polêmico e, sem duvida, não era pra menos. Vivemos num país onde há muito o que se fazer na saúde, na educação, na segurança pública e na economia que, agora, já se apresenta de forma diferente no cenário internacional. Milhares de brasileiros estão desempregados e outros milhares abaixo da linha da pobreza.
Entretanto, esse cenário não é encontrado apenas no Brasil, todos os países emergentes possuem cenários semelhantes ao nosso. Ainda hoje, países de primeiro mundo, como os Estados Unidos, ainda apresentam problemas sérios na saúde pública dentre outros problemas sociais e econômicos, ou seja, esses problemas atingem até os países desenvolvidos.

A questão é seguinte, será que países emergentes não deveriam sediar eventos esportivos de abrangência mundial? Será que a realização das copas do mundo só deveria ficar alternando entre países como os Estados Unidos, Japão e China, por exemplo?
Se fosse assim, estaríamos nos lamentado porque a copa do mundo só estaria sendo realizada em países desenvolvidos e haveria críticas severas sobre o caso. Mas como o evento é bem democrático e a escolha do país sede do evento é feita por sorteio.  Os críticos questionam os investimentos que o governo federal fez para tornar realidade a copa do mundo no Brasil, até porque sei que muitos oportunistas se beneficiarão com o dinheiro dos investimentos por falta de uma fiscalização mais séria e responsável, mas também sei que qualquer país emergente no lugar do Brasil, faria os mesmos investimentos visando os retornos positivos.
Do mesmo modo, quando a FIFA anunciou que o Brasil foi o sorteado para sediar a copa de 2014, todo mundo ficou feliz, afinal de contas, a Copa do Mundo de futebol seria realizada no “país do futebol”! Mas hoje, vemos pessoas indo às ruas contra a realização do evento... 
O brasileiro é confuso mesmo, mas isso é por falta de conhecimento ou porque se deixa levar pelo sentimento de revolta que nos aflige quando vemos alguma injustiça, só que nem sempre isso trás algo de positivo. Protestos violentos contra a copa do mundo é apenas uma forma de atrapalhar o governo e fazer com que o Brasil seja lembrado para sempre por ter realizado uma copa do mundo marcada pela violência e pela desorganização. Com certeza isso seria pior do que não realizar a copa.
Se o brasileiro é contra a realização da Copa do Mundo, não era nem para termos participado do sorteio da FIFA, não acham?
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário