sábado, 19 de abril de 2014

º Curiosidades sobre a Mona Lisa

  • Mona Lisa, com seu enigmático sorriso, foi inspirada em uma modelo viva, Lisa Gherardini, terceira esposa de um rico mercador florentino, Francesco Del Giocondo, 19 anos mais velho.
  • Francesco encomendou um retrato da mulher para pendurá-lo na sala de jantar. Lisa começou a posar em 1503. Leonardo da Vinci levou 4 anos fazendo o trabalho e jamais chegou a concluí-lo como desejava. É que Francesco, impaciente com a demora, proibiu sua mulher de continuar posando e não pagou pela obra. O rei francês Francisco I comprou o quadro para decorar o banheiro e pagou o equivalente a 15,3 quilos de ouro.
  • Há também quem sustente que Leonardo da Vinci teria pintado um quadro de Mona Lisa nua. O quadro e os esboços nunca foram encontrados.
  • Mona Lisa não tinha sobrancelhas. Há diversas versões que explicam o fato. O médico Julio Cruz y Hermida diz, no livro "A Gioconda Vista Por Um Médico ", que a modelo sofria de uma doença chamada alopecia. O mal causa a queda de todos os pêlos do corpo. Também existe uma história que conta que um restaurador desastrado apagou as sobrancelhas ao usar um solvente muito forte na obra. Mas a justificativa mais aceita é que Mona Lisa raspava os pêlos do rosto, como era costume na renascença.
  • O quadro tem 77 centímetros de altura por 53 de largura e foi pintado em madeira de álamo.
  • A técnica usada pelo pintor para imprimir um ar misterioso à jovem retratada se chama sfumato(esfumaçado). Já foi feita uma versão mais clara da obra e comprovou-se que ela perde toda sua profundidade e beleza.
  •  Segundo o biógrafo Giorgio Vasari, Leonardo chamou músicos e bufões para tocar em seu estúdio, na tentativa de arrancar um sorriso de sua modelo. Na época, não era apropriado uma moça sorrir demais.
  • Em 2005, o quadro foi transferido para uma sala especialmente construída para ele no Museu do Louvre, em Paris (França). O recinto, que conta com holofotes especiais, custou cerca de 16 milhões de reais e demorou quatro anos para ficar pronto. Antes, a tela de Da Vinci ficava no setor de pinturas italianas.
  • Pesquisadores da Universidade de Amsterdã (Holanda) aplicaram sob a obra um programa de "reconhecimento de emoções". O software concluiu que a modelo retratada estava 83% feliz, 9% entediada, 6% atemorizada e 2% enfadada.
  • Especialistas do Centro de Pesquisa e Restauração do Museu da França chegaram a conclusão de que Mona Lisa poderia estar grávida quando o quadro foi pintado. Eles descobriram, por meio de raios infravermelhos, que o pintor modificou a obra diversas vezes. A Mona Lisa inicial usava um vestido fino feito de gaze, vestimenta comum para mulheres grávidas da época.  
  • Em 2011, pesquisadores italianos afirmaram que a pintura foi baseada em um assistente chamado Salai, que trabalhou com Leonardo da Vinci por 25 anos e foi modelo para vários quadros.
  • Eles sustentam a afirmação dizendo que os homens nas pinturas São João Batista e Angelo Incarnato têm nariz e boca semelhantes aos de Mona Lisa. Também afirmam que da Vinci deixou pintadas nos olhos de Mona Lisa minúsculas letras "L", de Leonardo, e "S", de Salai.
  • Leonardo da Vinci era canhoto e, numa época em que os canhotos eram tidos como enviados do diabo, a teimosia de Leonardoi em continuar a escrever com a mão esquerda foi causa de alguns dissabores. Além disso, Leonardo escrevia também da direita para a esquerda, sendo apenas possível a leitura dos seus textos em frente a um espelho.
  • Outra marca de Leonardo é deixar incompletas muitas de suas obras; a Mona Lisa demorou cerca de quatro anos para ficar pronta. A tela viajou com o pintor por muitas cidades, e permaneceu na corte francesa após sua morte. Em 1793, foi para o acervo do museu do Louvre e em 1911 foi roubada. O quadro reapareceu anos depois na Itália, pelas mãos de um pintor nacionalista que quis devolver a obra à sua pátria de origem. Foi este episódio que trouxe grande fama à Gioconda.
  • Foi uma das primeiras pinturas em tela destinada a ser pendurada em parede, realizando plenamente o potencial do novo veículo: a tela.     

Fonte:

sexta-feira, 18 de abril de 2014

º POLÊMICA – COPA DO MUNDO 2014

POLÊMICA – COPA DO MUNDO 2014
por  Klesty Andrada

        
O tema é polêmico e, sem duvida, não era pra menos. Vivemos num país onde há muito o que se fazer na saúde, na educação, na segurança pública e na economia que, agora, já se apresenta de forma diferente no cenário internacional. Milhares de brasileiros estão desempregados e outros milhares abaixo da linha da pobreza.
Entretanto, esse cenário não é encontrado apenas no Brasil, todos os países emergentes possuem cenários semelhantes ao nosso. Ainda hoje, países de primeiro mundo, como os Estados Unidos, ainda apresentam problemas sérios na saúde pública dentre outros problemas sociais e econômicos, ou seja, esses problemas atingem até os países desenvolvidos.

A questão é seguinte, será que países emergentes não deveriam sediar eventos esportivos de abrangência mundial? Será que a realização das copas do mundo só deveria ficar alternando entre países como os Estados Unidos, Japão e China, por exemplo?
Se fosse assim, estaríamos nos lamentado porque a copa do mundo só estaria sendo realizada em países desenvolvidos e haveria críticas severas sobre o caso. Mas como o evento é bem democrático e a escolha do país sede do evento é feita por sorteio.  Os críticos questionam os investimentos que o governo federal fez para tornar realidade a copa do mundo no Brasil, até porque sei que muitos oportunistas se beneficiarão com o dinheiro dos investimentos por falta de uma fiscalização mais séria e responsável, mas também sei que qualquer país emergente no lugar do Brasil, faria os mesmos investimentos visando os retornos positivos.
Do mesmo modo, quando a FIFA anunciou que o Brasil foi o sorteado para sediar a copa de 2014, todo mundo ficou feliz, afinal de contas, a Copa do Mundo de futebol seria realizada no “país do futebol”! Mas hoje, vemos pessoas indo às ruas contra a realização do evento... 
O brasileiro é confuso mesmo, mas isso é por falta de conhecimento ou porque se deixa levar pelo sentimento de revolta que nos aflige quando vemos alguma injustiça, só que nem sempre isso trás algo de positivo. Protestos violentos contra a copa do mundo é apenas uma forma de atrapalhar o governo e fazer com que o Brasil seja lembrado para sempre por ter realizado uma copa do mundo marcada pela violência e pela desorganização. Com certeza isso seria pior do que não realizar a copa.
Se o brasileiro é contra a realização da Copa do Mundo, não era nem para termos participado do sorteio da FIFA, não acham?