segunda-feira, 26 de agosto de 2013

ºLasar Segall

Lasar Segall (Vilna, Lituânia 1891 - São Paulo SP 1957). Pintor, gravador, escultor e desenhista. De origem judaica, inicia estudos de arte em 1905 na Academia de Desenho do mestre Antokolski, em Vilna.
Muda-se para a Alemanha em 1906 e estuda na Escola de Artes Aplicadas e na Academia Imperial de Belas Artes, em Berlim. Em 1909, integra a Freie Sezession, convidado por Max Liebermann (1847-1935). Viaja para a cidade de Dresden e realiza a primeira mostra individual na Galeria Gurlitt, em 1910. Vem para o Brasil em 1913 e expõe em São Paulo e Campinas, estas exposições são consideradas como marco inicial de manifestações de arte moderna no país. Retorna a Dresden e, em 1919, funda com Otto Dix (1891-1969), Conrad Felixmüller (1897-1977), Otto Lange (1879-1944) e outros o Dresdner Sezession Gruppe.
Em 1921, publica o álbum de litografias Bübüe, em 1922, o Erinnerung an Wilna - 1917 com gravuras a água-forte. Fixa residência em São Paulo em 1923. No ano seguinte executa decoração para o Baile Futurista do Automóvel Clube e para o Pavilhão Modernista de Olívia Guedes Penteado (1872-1934). Além de dedicar-se a gravura, pintura e desenho, em 1929, passa a esculpir.
É um dos fundadores da Sociedade Pró-Arte Moderna - SPAM, em 1932, da qual se torna diretor até 1935. Dez anos após sua morte, em 1967, a casa onde morava, na Vila Mariana, em São Paulo, é transformada no Museu Lasar Segall.
Abaixo apreciação e releitura da obra Bananal - 1927:


º Colorido e espontâneo

   Minjae Lee é um jovem artista Sul Coreano, de 23 anos, cujo trabalho é cheio de cores fortes, cenas agressivas e uma inteligente mistura entre beleza, inocência e fragilidade. Lee, que é autodidata, usa ferramentas antigas, como marcadores, canetas, lápis, recortes, colagens, fotografias, recortes de revistas e retalhos para criar suas ilustrações. Seu dramático trabalho fica ainda mais autêntico por suas texturas e padrões.

   Lee diz se inspirar na face humana, em movimentos abstratos e nas cores. Ele desenha pessoas através do impulso do momento, e, por isso, suas ilustrações são muito espontâneas.


quinta-feira, 1 de agosto de 2013

º Keith Haring com CRIATIVIDADE

Isso que é criatividade!!!

Pintor americano, o mais importante dos grafiteiros do 80 anos, nascido em Kutztown, Pensilvânia, em 1958.Desde muito pequena Keith Haring começou a desenhar charges inspirados na televisão.Estudou arte na Escola Ivy of Art, em Pittsburgh, onde começou a tela de impressoras para imprimir em camisetas.
Trabalhou com o graffiti, desenho de imagens, tais como desenhos animados, feitos uma caneta diretamente sobre os anúncios no metrô em Nova York.
Este foi seguido por uma série de desenhos animados, feitos com giz branco em painéis de metrô preto reservado para publicidade, a iconografia era uma mistura de sexo com discos voadores, pessoas e cães, que viraram mais tarde figuras correndo e rastejando, bebês, halos, pirâmides, televisores, telefones e referências à energia nuclear.










º Recortes Divertidos

Quem foi Henri Matisse?

Henri Émile Benoît Matisse foi um importante desenhista, escultor e pintor francês. Nasceu em 31 de dezembro de 1869 na cidade francesa de Le Cateau-Cambrésis e faleceu em 3 de novembro de 1954 na cidade de Nice (sul da França). Foi um dos principais representantes do movimento artístico conhecido como Fauvismo.

Estilo artístico de Matisse:


- No começo de sua carreira artística seguiu um estilo tradicional.
- A partir de 1907, passou a pintar dentro do estilo fauvista. 
- Usou a cor como destaque principal de suas obras.
- Utilizou-se de formatos variados em suas obras.
- Usou a simplificação e a exclusão de detalhes em suas pinturas.
- Buscou passar equilíbrio e tranqüilidade em suas obras, trabalhando a organização estrutural das mesmas.
- Trabalhou, em alguns quadros, com a sensação de bidimensionalidade, eliminando a profundidade, usando a mesma intensidade cromática em suas obras.